Um novo uso para os andaimes pode transformar qualquer ideia em um projeto lindo e sustentável

Um novo uso para os andaimes pode transformar qualquer ideia em um projeto lindo e sustentável

Imagem: Banco de Imagens

Os andaimes são estruturas montadas para permitir o acesso a algum lugar alto ou de difícil alcance. O seu primeiro uso se deu ainda pelos egípcios que utilizaram para construir as famosas pirâmides. Na China e no Extremo Oriente os primeiros andaimes eram de bambu amarrados por corda. As estruturas eram leves, porém muito seguras e de fácil transporte. Com o passar do tempo os andaimes foram aprimorando até chegarmos nas estruturas que conhecemos atualmente e que comumente vemos aplicados nas obras civis e nas manutenções industriais.

A novidade é que o andaime é tão versátil que ele foi utilizado para construir um dos maiores espaços da Casa Cor, evento grandioso de arquitetura e design que acontece em Belo Horizonte do dia 03 de setembro ao dia 13 de outubro em um local inédito, o Palácio das Mangabeiras, construído para ser a residência oficial do Governador de Minas Gerais. Um projeto que teve participação de Oscar Niemeyer, e os jardins planejados por Burle Marx e que, pela primeira vez, está sendo aberto à visitação.

O espaço Estúdio Galeria do artista plástico Marcos Paschoalin e do arquiteto Danieu Tavares foi todo projeto com andaimes multidirecionais pela empresa Altura Andaimes. "Esse é o diferencial do andaime multidirecional. Ele permite que você faça qualquer tipo de estrutura, em qualquer tamanho, vencendo obstáculos como degraus ou desníveis, com muita facilidade e rapidez", diz Adriana Tavares, sócia-diretora da empresa.

Adriana ressalta ainda outra vantagem, "como o evento tem um prazo curto, o custo de montagem do projeto fica alto além de gerar muito resíduo. Com o andaime o projeto fica sustentável. Ao fim do evento desmontamos e levamos de volta todo o material, para ser usado novamente".

fonte: Terra